Eu conheci alguém que tornará meu sonho realidade enquanto eu lutava para ganhar mais poder. Rei Zahard. O único verdadeiro rei, um onipotente e onisciente ser. Vou usar esse poder para fazer todos se renderem ao rei. Quem estiver no caminho da minha utopia será simplesmente destruído!

—Kallavan para Ha Jinsung.[2]

Kallavan (칼라반, Calaban) é um High Ranker e era anteriormente o Comandante de Esquadrão do 4º Esquadrão do Exército no Exército de Zahard[3] antes de ser substituído pelo novo Comandante de Esquadrão Po Bidau Lyborick Khun. Kallavan foi pesadamente rebaixado do rank militar devido ao seu fracasso na Batalha da Última Estação em matar o Irregular, Vigésimo Quinto Baam. Ele foi o principal antagonista da Última Estação (Arco).

Depois que ele completou sua missão no Muro da Coexistência Pacífica convencendo a herói da guerra Dowon a se juntar ao exército de Zahard, Kallavan foi restaurado para o 4º Esquadrão do Exército como Comandante de Companhia.[4]

Alcunha[editar | editar código-fonte]

Durante sua grande jornada, ele lutou contra todos os tipos de grandes guerreiros e os fez se curvar diante dele. Ele pega qualquer pessoa que ele gosta para ser seu subordinado e força-os a trabalhar para ele, criando um enorme exército de seguidores no processo; portanto, ele é chamado de 'Caçador Humano'.[1]

Aparência e Personalidade[editar | editar código-fonte]

Roupa inicial de Kallavan como Comandante de Esquadrão

Kallavan tem pele clara, olhos azuis e cabelos loiros. Ele é muito alto e grande. Em seu design inicial, ele veste uma túnica longa com suas próprias insígnias e amarra em volta da cintura. Seu cabelo loiro era estilizado como moicano.

Diz-se que ele é muito militarista entre o Exército de Zahard. SIU disse que parece ter uma quantidade excessiva de poder de blefes, o que é uma qualidade para um chefe. Ele parece ser um fanático de Zahard, que ele acredita que pode realizar seu sonho, e também acredita que Zahard é onipotente e onisciente como o único rei verdadeiro da Torre.

Kallavan em Casaco Azul

Após o time skipe da Batalha da Última Estação, no O Muro da Coexistência Pacífica (Arco) Kallavan cresceu seu cabelo e ele está mostrou estar vestindo uma roupa muito mais casual, jaqueta azul, boné azul e calça curta do que sua roupa elegante anterior como Comandante de Esquadrão. Kallavan é um homem que segue suas ordens do exército e coloca seus problemas pessoais de lado, não importa o quê. Ele vê matar Baam apenas como uma missão e não faria isso de outra forma, como foi visto durante a batalha e o Muro da Coexistência Pacífica e O Ninho quando sua missão principal não era matar o Irregular. Ele também mostra um senso de honra, pois estava genuinamente enojado pelo desrespeito dos habitantes do Muro por Dowon, depois que ela arriscou sua vida para lutar por seus ancestrais e ensinou-lhes uma lição violentamente por isso e fez o possível para defender o final de sua barganha com Khane para não danificar o Muro e pediu desculpas por não ser capaz de defendê-la contra o Spinel de White.

Kallavan em Uniforme Militar no Ninho

Durante a Batalha do Ninho, Kallavan foi visto usando um uniforme militar da marinha escura, que consistia em chapéu de boina com o logotipo de Zahard, casaco ou jaqueta grande com insígnias militares em ambos os ombros e calça comprida. É provavelmente uma roupa especial que foi preparada pelo Exército de Zahard para evitar o forte efeito flutuante causado pela Cachoeira Congelada dentro do Ninho.[5]

Ele usa dois casacos para esconder o limite que selou seu braço esquerdo. O casaco é preso por um alfinete ao ombro para não cair quando ele luta.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Há 3000 anos, depois de se tornar um Ranker, ele lutou com Ha Jinsung e ainda conseguiu se levantar depois de receber uma surra dele. Ha Jinsung perguntou por que um grande talento como Kallavan estava em uma área isolada.

A estátua de bronze que contém a Essência da Bravura

Kallavan menciona que ele pertencia a uma vila que guarda a 'Essência da Bravura' e que ele é seu atual guardião. Sempre que uma pessoa da família se torna um Ranker, eles lutam contra a pessoa que atualmente está guardando a gema, com o mais forte matando o mais fraco e, se aplicável, substituindo-o como guardião da gema.

Ha Jinsung diz a Kallavan que sua linhagem já produziu a derradeira conquista que é o próprio Kallavan e que ele deveria herdar a 'Essência da Bravura'. No mesmo dia, Kallavan decide esmagar a estátua de bronze segurando a gema e reivindicar a essência para si mesmo. A próxima vez que Ha Jinsung o viu, ele já era tão forte quanto um High Ranker. Ha Jinsung sugere que Kallavan se torne um Assassino da FUG, mas ele gentilmente recusou e isso encerra o relacionamento deles. Kallavan então partiu, tornou-se um High Ranker e começou a se destacar quando derrotou e reuniu muitos grandes guerreiros, tornando-os seus servos.[1] Em um ponto, Kallavan conheceu Zahard e determinou que Zahard é a única pessoa que pode realizar seu sonho. Isso levou a ele e seus seguidores se juntando ao exército de Zahard.

Tower of God: Parte 2 - O Trem do Inferno

Kallavan e suas tropas são vistos viajando para a Última Estação em suas naves de guerra.

Tower of God: Parte 2 - A Última Estação

Evankhell

Ele e suas tropas foram detidos por Ha Jinsung e receberam ordens para sair e lutar.

Kallavan

Kallavan estava em sua nave de guerra quando Ha Jinsung apareceu e disse que ele destruirá sua nave de guerra usando um dos canhões shinsu El Robina, uma arma Anti-High Ranker originalmente pertencente a Zahard se ele não sair. Kallavan diz ao comandante da terceira divisão que retire todas as tropas e disse que vai derrotar Jinsung pessoalmente. Ha Jinsung chama Kallavan por sua arrogância e, em resposta, Kallavan disse que está em posição de ser mais arrogante. Ele é forçado a lutar com seu ex-professor, dizendo que não perderá com seu poder.

Kallavan olhando o passado da gema

Durante a batalha com Ha Jinsung, Kallavan disse que esta guerra não se trata de capturar alguns Regulares, mas de parar uma fenda maior na Torre e a missão entrará na história como um grande épico. Durante a luta, Ha Jinsung estava sendo empurrado para trás e suas mãos tremiam com o impacto dos ataques de Kallavan. À medida que a batalha avançava, Jinsung começou a lutar usando suas técnicas maiores e conseguiu acertar vários golpes com sucesso em Kallavan. Eles pararam de lutar por um momento, e Kallavan conta a Ha Jinsung sobre o homem que ele viu na Essência da Bravura. Ele menciona a Ha Jinsung, que o homem na gema era alguém dos tempos antigos, e o poder na gema lhe pertencia. Kallavan diz que a verdadeira razão pela qual ele recusou a oferta de se tornar um Assassino foi que ele teme que seu destino possa acabar como o homem da Essência da Bravura. Kallavan disse que mais tarde decidiu usar seu poder para servir Zahard e unir todos sob ele, para que guerras e tragédias desaparecessem e a torre estivesse em paz. Kallavan então começa a liberar seu poder e usa sua habilidade transcendente, Atomic Explosion, que deixa Ha Jinsung ensanguentado e aparentemente gravemente ferido..

Ha Jinsung está machucado e cansado após a Atomic Explosion de Kallavan

Ha Jinsung ficou sem opção a não ser usar seu ataque (presumivelmente) mais forte, Portão do Tigre e do Dragão, que era poderoso o suficiente para quase parar Kallavan, exceto pelo fato de Jinsung não ter conseguido acompanhar outro ataque porque ele estava exausto demais para fazê-lo. Kallavan então esmaga os braços de Ha Jinsung, tornando-os inúteis. Ha Jinsung grita de agonia e também foi esfaqueado nas costas por Khun Maschenny Zahard, que mais tarde chegou sem que Ha Jinsung notasse.

Depois de derrotar Ha Jinsung, Kallavan corre imediatamente para o teleportador para chegar à Última Estação e aparece em frente a Baam no grande campo de batalha. Ele vê a batalha ficando fora de controle por causa da batalha entre Khun Royale Elliot e Evankhell. No momento em que Kallavan tenta atacar Baam, Androssi Zahard salva Baam usando Bong Bong, mas Kallavan facilmente afasta Androssi e a restringe, deixando Baam sozinho. Kallavan diz a Baam que seu mestre provavelmente está morto por causa dele. Isso fez Baam quebrar e atacar Kallavan com tudo o que tinha, mas no final, ele não machucou Kallavan de forma alguma.

Baam usa um de seus ataques mais fortes em Kallavan

Baam começa a ignição um de seus espinhos para usar uma técnica usada para derrotar Dados Zahard. Após o ataque, Kallavan ficou desapontado que Baam nem o arranhou com o ataque. Karaka aparece na frente de Kallavan e pergunta se seu mestre está morto, e Kallavan disse que não tem certeza. Karaka disse a Baam para correr porque ele acredita que seu mestre não está morto porque Kallavan não tem certeza de sua morte. Kallavan corre para atacar Baam antes que ele possa fugir, mas Evankhell o impede e Kallavan pergunta por que ela está ajudando os Regulares. Evankhell disse que não estava interessada em Baam até ver que ele havia conseguido infligir uma pequena ferida em Kallavan. Ele ficou surpreso por Baam fazer um pequeno arranhão, porque ele não sentiu. Kallavan lamenta ter parado para entender o garoto que ele deveria matar. Ele então se esforça para matar Baam, mesmo com Evankhell, Yuri e Karaka no caminho. Ele corre em direção a Baam em alta velocidade enquanto afasta todos os ataques dos High Rankers, mesmo o ataque Sentença de Morte de Evankhell não conseguiu detê-lo. Ele usa a Atomic Explosion para se libertar de todos os ataques, que também destruíram muitas naves de guerra ao seu redor. O momento em que ele estava prestes a chegar a Baam, Yu Han Sung, Ship Leesoo veio em socorro e todos eles se teletransportaram para longe.

Nova Onda

337 kallavan in pursuit.png
Kallavan grita de raiva e se culpa pelo fracasso da missão em matar os Regulares. Elpathion chega ao lado de Kallavan e pergunta se ele pretende ir atrás do garoto ainda, apesar do exército estar cansado e ferido. Elpathion diz que o exército precisa descansar, mas Kallavan diz que ele próprio matará o garoto. No final da Parte II, o 4º Esquadrão do Exército e Kallavan foram perseguir depois que Baam e seus amigos conseguiram escapar do Exército, distorcendo a Última Estação. Um dos subordinados de Kallavan então relatou que eles não conseguiram rastrear a localização da última estação devido ao seu misterioso desaparecimento. A Última Estação desapareceu por causa da habilidade especial invisível do Navio Fantasma de Madoraco.

Tower of God: Parte 3

Deng Deng

Após a batalha na Última Estação, Kallavan perdeu sua posição como Comandante de Esquadrão e foi dito que guardava a prisão secreta onde Ha Jinsung está sendo mantido.

O Muro da Coexistência Pacífica

Em algum lugar da Torre, Kallavan se aproxima do Muro da Coexistência Pacífica e, com um braço amarrado nas costas, ele caminha em direção ao muro para prosseguir com sua destruição.

O Muro com um Adormecido Não Me Esqueça

Kallavan caminha dentro da cidade dentro do Muro da Coexistência Pacífica onde a herói de guerra Dowon foi selada enquanto ouvia uma pessoa que estava conversando via Observador que lhe explicou sobre a situação atual e as regras dentro da parede. Enquanto caminhava, Kallavan teve um flashback sobre sua conversa com Ha Cheonhee, ele pediu informações sobre a herói da guerra Dowon. De volta ao presente, quando a pessoa ainda falava via observador, Kallavan desapareceu subitamente. Momentos depois do desaparecimento dele, Kallavan apreendeu a Sala de Dados dentro do Centro de Controle, na parte leste da cidade, a fim de buscar dados e informações sobre Khane, a irmã mais nova de Dowon. Ele então descobriu a localização da casa de Khane e a convenceu a tirar o selo de Dowon. Embora Khane o recusasse, Kallavan não a forçou a falar e decidiu esperar pela decisão de Khane.

Mais tarde, quando Khane visitou o monumento de pedra de flor de sua irmã, ela ficou com raiva depois de ver vários civis do muro desrespeitarem o monumento jogando pedras como sinal de protesto. Kallavan apareceu de repente atrás de um dos civis e agarrou sua mão para evitar mais arremessos de pedras. Kallavan, que respeita a herói da cidade por lutar na linha de frente por seus ancestrais, ficou irritado com esse ato, apesar de suas diferentes visões políticas, não se deve desrespeitar a herói que se sacrificou em batalha. Kallavan então envia o homem voando em alta velocidade, fazendo com que ele bata na parede de pedra.[7] Depois de mandar o homem voando, Kallavan disse que não fez isso por Khane, mas por suas próprias crenças pessoais. No entanto, Kallavan ainda tentou convencê-la pela segunda vez, mas Khane recusou-o novamente.[8]

Quando Khane foi capturada pelos civis para ser executada, ela não conseguiu mais segurar sua raiva e ressentimento e finalmente entrou em contato com o pocket que Kallavan lhe deu. Ela pediu a Kallavan para ajudá-la a alcançar a torre selada. Kallavan, que estava esperando por esse momento, ficou muito feliz e prosseguiu para chegar ao ponto de encontro que Khane selecionou.[9] Ao longo do caminho, Kallavan matou vários guardas do muro, que foram identificados como sendo Rankers (marcas nos dois ombros) que foram despachados para capturá-lo. Quando terminou de matar o último ranker, Khane chegou atrás dele. Os dois então vão para a torre selada de heróis, a fim de tirar o selo de Dowon. Ao longo do caminho, eles encontraram muitos guardas, mas Kallavan pode facilmente cuidar deles. Quando eles chegaram em frente à torre selada de heróis, o guardião mais poderoso e também a última linha de defesa, o ranker Tonki já estava esperando para impedir Kallavan e Khane de entrar na torre selada de heróis.[10] Kallavan vence facilmente Tonki e segue em frente. Ao entrar na torre do herói, atrás de Kallavan estavam White e Hatsu.

Kallavan vs White

461-13.png

White revela a Khane que Kallavan era um Comandante de Esquadrão. Então Kallavan admite a verdade e disse que ele vai convencer Dowon a se juntar ao lado deles ou matá-la. Kallavan então luta com White e facilmente o domina. Kallavan recebe um corte da nova espada de White chamada 'Spinel'. Kallavan então recebe ainda mais cortes do Spinel de White, mas ele recuperou todas as lesões usando a Essência da Bravura. Kallavan entra em ação enquanto neutraliza todo o ataque de White, então ele dá um bom soco em White. Soo-oh aparece para salvar White. O herói da cidade é libertado do selo momentos depois e Dowon acorda.

Dowon

Kallavan voa para cumprimentar Dowon. Kallavan também vê Baam ao lado dele e quando Baam pergunta sobre o paradeiro de Ha Jinsung, ele não pode responder porque essa informação estava fora dos limites para um soldado de baixa patente. Kallavan tenta atacar Baam, mas foi salvo pelo Guia do Ancião. Kallavan persegue Baam e seu grupo, mas foi parado por Dowon e pede que Kallavan os deixe em paz em troca de que ela se junte ao seu lado. Kallavan, como um homem que segue rigorosamente sua missão, decidiu se concentrar na missão principal de conseguir que Dowon se juntasse a eles e deixa Baam em paz. Depois de completar a missão, Kallavan entra em contato com o QG. Eles querem que Kallavan se reúna no Ninho para a próxima missão.

O Ninho

Dois dias após a batalha nas muralhas, Kallavan e Dowon são vistos dentro de sua nave de guerra conversando. Kallavan cumprimenta Ha Cheonhee e depois entra para conhecer o novo Comandante de Esquadrão, Po Bidau Lyborick Khun. O novo comandante promove Kallavan a Comandante de Companhia por concluir sua missão com sucesso.

Uma Guerra Difícil

Kallavan vs Baam

Kallavan vê Baam novamente no segundo muro defensivo e diz para ele recuar, caso contrário ele atacará Baam e alega que reduzirá Baam a poeira em 5 segundos. Karaka aparece atrás de Kallavan e tentou atacá-lo, mas Kallavan, sem olhar, parou com facilidade o ataque de Karaka. Kallavan pede desculpas a Ha Jinsung antecipadamente pelo que está prestes a fazer com seus dois alunos. Karaka e Baam atacam Kallavan juntos, no entanto, nenhum de seus ataques foi eficaz. Kallavan finalmente reagiu após ser atacado pela esfera shinsu do buraco negro de Baam. Kallavan então percebe as melhorias de Baam, mas no final, o último ataque de Baam apenas consegue romper a Essência da Bravura e cortá-lo. Kallavan ataca Karaka para atrair Baam. Kallavan é contido por Karaka por um breve momento e diz a Baam que ele é apenas uma pessoa comum e não é único como Zahard, que trata todos, exceto os 10 chefes das famílias, iguais. Kallavan é atacado pelo novo ataque de Baam chamado 'Asas Gêmeas', que causou uma quantidade considerável de danos ao seu braço. Kallavan ataca Baam enquanto Baam está exausto, mas ele foi salvo por Karaka e Dowon. Depois de experimentar pessoalmente o quão forte Baam é atualmente, Kallavan não pode mais poupá-lo.

Poderes e Habilidades[editar | editar código-fonte]

Mesmo em sua juventude, Kallavan já era poderoso o suficiente para receber uma surra de Ha Jinsung, um dos top 100 High Ranker. Jinsung então elogiou o grande talento de Kallavan e notou que ele possuía poder sério para alguém que não era um Ranker por um longo tempo. Depois de aceitar a sugestão de Jinsung, Kallavan obteve a Essência da Bravura, que era guardada pelas linhagens de sua família por gerações. E na próxima vez que Jinsung veio visitar Kallavan, isso o tornou dramaticamente mais poderoso a ponto de Jinsung ficar impressionado o suficiente para notar que Kallavan poderia facilmente se tornar um High Ranker antes mesmo de começar seus séculos de treinamento e oferece a ele para se tornar um Assassino, mas Kallavan recusou respeitosamente.

Kallvanfist.jpg

Depois de se tornar facilmente um High Ranker e o líder do 4º Esquadrão do Exército no Exército de Zahard, Kallavan estava entre os High Rankers mais dominantes da torre, derrotando e recrutando muitos grandes Rankers e ganhando sua alcunha, "O Caçador Humano". Jinsung, um dos top 100 High Ranker, estava preocupado em ter que lutar com ele, dizendo que não seria fácil. [1] Kallavan provou se igualar a Jinsung, e foi capaz de derrubá-lo em um estado sangrento e destruir seus braços. Depois de receber ferimentos graves de sua batalha contra Jinsung, Kallavan continuou capaz de bloquear facilmente os ataques de Baam, que estava exercendo o poder da Março Negro e do Espinho. Ele também poderia se defender de Ha Yuri Zahard empunhando a Abril Verde. Embora ele tenha admitido abertamente que não pode lutar contra Evankhell, Yuri e Karaka de uma só vez em seu estado ferido, ele foi capaz de ignorar e atacar seus ataques por tempo suficiente, e ele quase conseguiu chegar a Baam e bata nele com sua Atomic Explosion. Sua mera chegada foi suficiente para inspirar os membros pressionados do exército de Zahard. 

Além disso, Khel Hellam descreveu Kallavan como um "guerreiro tão poderoso quanto um esquadrão inteiro (exército de Zahard)".[11] Mesmo com uma mão selada nas costas, Kallavan ainda é extremamente poderoso. Ele foi capaz de matar sem esforço Tonki, que é um lutador de nível High Ranker, com um soco. Khane, que assistiu isso, temia que ele fosse forte demais até para derrotar Dowon. Ele também foi capaz de tankar todos os ataques de White com seu corpo nu e até quebrou sua espada, forçando White a fazer uma espada nova e mais forte. Uma vez que Kallavan usou um impulso Shinsu e desencadeou a Essência da Bravura, ele rapidamente derrotou White, que estava usando a espada mais forte que ele poderia criar na época, Spinel.[12] Dowon também reconheceu que Kallavan tinha poder suficiente para derrotar todos os aliados de Baam e até se rendeu a ele para que ele os deixasse ir. Durante sua luta com Baam contra Kallavan, como o ex-comandante de esquadrão facilmente repeliu todos os seus ataques, Karaka expressou descrença de que ele poderia possuir um poder de ataque incrível, enquanto suas capacidades defensivas também estão fora de cogitação. Ele também foi capaz de adiar o agora com força total White com um braço amarrado nas costas e, uma vez que finalmente ele foi autorizado a quebrar o selo no braço esquerdo, Kallavan poderia lutar uniformemente com White usando Cullinan, chocando White sobre o quão poderoso ele era.

Mestre Combate Corpo a Corpo: Kallavan é um artista marcial extremamente qualificado, capaz de competir contra Ha Jinsung, um dos membros mais qualificados da Família Ha em combate corpo a corpo. Ele foi capaz de empurrar Jinsung de volta várias vezes durante a batalha. Mesmo com uma mão amarrada nas costas, Kallavan foi capaz de dominar facilmente os guardiões da torre de Dowon com socos brutais e poderia bloquear os golpes de Tonki sem muito esforço antes de derrotá-lo com um único soco. Ele também foi capaz de empurrar para trás a espada de White e, em seguida, agarrá-la no meio do balanço durante a luta.

Força Imensa: Como um poderoso artista marcial e High Ranker, Kallavan possui enormes quantidades de força física. Ele foi capaz de empurrar sem esforço um homem através de uma parede rochosa com força suficiente para quebrá-la com uma única mão, contra os guardas do Muro da Coexistência Pacífica com um único golpe bruto e seus punhos eram fortes o suficiente para danificar a espada de White apenas colidindo contra isto. Uma vez usando um impulso Shinsu, ele foi capaz de socar White com força suficiente para machucá-lo visivelmente. Kallavan foi capaz de destruir completamente o Inventário Tempestade de Armadura da Armadura de Karaka com apenas um único soco e foi capaz de atravessar a lâmina de Transformação Parcial da Thryssa Vermelha habilitada pelo Espinho de Baam e feri-lo gravemente.

329 kallavan clench fist.png

Imensa Durabilidade e Resistência Shinsu: O corpo de Kallavan é extremamente duro, ainda mais duro que o da Família Ha. Ele foi capaz de dar um cotovelo na cabeça de Jinsung sem vacilar, e Jinsung ficou surpreso com o quão duro ele era. Ele não sofreu nenhum dano significativo da Tempestade Demoníaca e Defesa de Ferro de Jinsung, apenas sentindo uma leve dor.[2] Ele foi capaz de sobreviver à técnica suprema de Jinsung, Portão do Tigre e do Dragão, embora com ferimentos graves, para surpresa de Jinsung, que pensara ter matado Kallavan com aquele ataque.[13] Depois disso, a durabilidade de Kallavan ainda era suficiente para ser capaz de se teletransportar com sucesso para o campo de batalha enquanto o dispositivo de dobra estava explodindo. Ele foi capaz de enfrentar com facilidade os ataques aumentados da Março Negro de Baam sem sequer ser movido pelos golpes.[14] Ele também poderia desviar os golpes da Abril Verde de Yuri com as próprias mãos, sem sofrer danos. Até o ataque mais forte de Baam Resquícios das Estrelas - Poeira Estelar só foi capaz de causar ferimentos leves quando ele ativou completamente o Espinho. Depois, Kallavan ainda foi capaz de atacar diretamente em Evankhell, Yuri e Karaka, ultrapassando seus ataques combinados para chegar a Baam com pouco esforço e apenas expressando dor ao ser atingido pelo Orbe Raro - Sentença de Morte de Evankhell. Vários anos depois, Kallavan mais uma vez demonstrou sua durabilidade superior. Ele foi capaz de lutar sem esforço contra a espada de White com as mãos nuas, sem sofrer nenhum dano, com White observando que seu punho parece ser diamante endurecido por incontáveis anos. Isso forçou White a criar a espada "mais rápida e mais nítida" que ele poderia fazer, chamada Spinel, que conseguiu finalmente cortar Kallavan. No entanto, é revelado que o ex-Comandante de Esquadrão não usava nem um impulso de Shinsu, e uma vez que ele fez, a espada mais afiada de White não era mais eficaz. Mesmo quando White usou um de seus movimentos letais, Kallavan simplesmente pegou a espada com a mão nua.[15] Mais tarde, Kallavan conseguiu tirar o Corvo Branco de Karaka mesmo quando foi realizado no Nível Dois e foi atingido diretamente duas vezes sem causar danos a si mesmo. Kallavan até zombou do ataque, afirmando que não era tão forte quanto o de Jinsung. Baam posteriormente se juntou ao ataque a Kallavan e usou sua Onda de Ar Zero por trás, mas mais uma vez o Caçador Humano nem sequer vacilou. Depois disso, Karaka sugeriu que não havia escolha a não ser ele e Baam baterem consistentemente em Kallavan com vários ataques. Mesmo depois de tudo isso, Kallavan não reagiu até Baam decidir usar Shinwonryu, explodindo-o antes que ele pudesse ser atingido pelo ataque. Baam especulou que o Shinwonryu é capaz de ferir o ex-Comandante de Esquadrão. 

Essência da Bravura[editar | editar código-fonte]

Com o poder da Essência da Bravura, Kallavan é capaz de liberar fortes explosões azuis de Shinsu e se aprimorar com ele. Mesmo sem usar nenhuma técnica especial, essas explosões Shinsu são fortes o suficiente para destruir o Banho de Rosa de Yuri e repelir facilmente os ataques de Karaka e Baam. Kallavan também foi capaz de esmagar a bola de Tonki no nível de High Ranker em instantes e até matá-lo com um único soco alimentado pelo poder da Essência da Bravura. Com a Essência da Bravura ativada, Kallavan foi capaz de explodir o braço danificado por Baam para bloquear o ataque de White. Ele então criou um novo braço a partir do Shinsu para continuar lutando.

Movimento Letal: Furacão Trêmulo - Backlash Bomber: Kallavan inicia esse ataque dando um soco no oponente, que os envia voando para trás. Ele então segue isso apertando o punho para criar uma grande explosão shinsu atrás do inimigo, enquanto eles estão se recuperando do primeiro soco. Essa técnica era forte o suficiente para empurrar alguém como Jinsung para trás. Também era capaz de atravessar facilmente o escudo de Androssi e fazê-los voar a uma grande distância.[16] Mais tarde, Kallavan foi capaz de usar essa técnica para danificar White o suficiente para fazê-lo tossir sangue..

Habilidade Transcendente da Essência da Bravura de Kallavan - Atomic Explosion: Uma técnica extremamente poderosa que Kallavan usou contra Jinsung e também contra Baam na Última Estação. Kallavan dá um soco para a frente e libera uma quantidade extremamente grande de shinsu, resultando em uma explosão maciça. O poder da técnica é tal que deixou Jinsung em um estado sangrento com um dos braços completamente mutilado e quase alcançou Baam através das chamas de Evankhell.[2]

Relacionamentos[editar | editar código-fonte]

Ha Jinsung encontra Kallavan, há 3000 anos atrás

  • Ha Jinsung: Kallavan já foi aluno de Ha Jinsung, ele ganhou e perdeu muito por causa dele. Ele apreciou a gentileza e orientação que Jinsung lhe deu, mas depois de fazer o que Jinsung lhe disse, ele se arrependeu profundamente. Ele viu a tragédia do homem que estava selado na gema e pensou que poderia acontecer com ele também. Isso levou Kallvan a viajar tentando fazer com que todos se rendessem a Zahard para acabar com as tragédias. Kallavan ainda mantinha um respeito considerável por Jinsung, recusando-se educadamente a se juntar a FUG e não o aceitando por ser membro de uma organização que pretendia matar Zahard. Quando Jinsung confrontou Kallavan quando ele tentou ir para a Última Estação, Kallavan agiu cordialmente com Jinsung, primeiro relembrando seu passado e perguntando como ele estava. Kallavan considerou Jinsung uma ameaça suficiente para enfrentá-lo pessoalmente, embora ainda expressasse confiança de que ele pode derrotar Jinsung. Embora lutando contra ele sem piedade, até destruindo seus braços, a certa altura, depois de tê-lo ferido gravemente, Kallavan parecia querer apenas incapacitá-lo. Ele mostrou sincero arrependimento e remorso por destruir os braços de Jinsung e a aparente morte de seu ex-mentor, afirmando antes de se teletransportar para o campo de batalha que ele não tinha nada além de Jinsung e reconheceu os esforços de Jinsung como muito desafiadores. Quando ele estava lutando com Baam e Karaka, Kallavan pediu desculpas em sua mente a Ha Jinsung por ter que matar seus dois alunos e mais tarde reconheceu o quão poderoso Jinsung era, afirmando que a força de Karaka está muito abaixo de seu mestre, mas também mostrou sua raiva em direção a Jinsung por ensinar os Assassinos, pois ele acreditava que eles eram deuses falsos que Jinsung criou devido ao seu ódio.
  • Evankhell: Kallavan e Evankhell pareciam ter tido interação pessoal de antemão, pois Kallavan parece considerar o poder de Evankhell uma ameaça suficiente para que ele tenha enviado um esquadrão inteiro de Rankers para combatê-lo e rapidamente pensou que Evankhell era a razão pela qual seu esquadrão estava tendo tantos problemas. Ele ficou surpreso ao ver Evankhell proteger Baam, observando que alguém tão poderoso quanto Evankhell, um dos top 100 High Rankers e não afiliado a FUG, não tem motivos para se preocupar com os Regulares apenas para encontrar o fato de que Baam o machucou e ele cometeu o erro de ser fácil demais com Baam. Kallavan descobriu que Evankhell era o inimigo mais desafiador dele, Yuri Zahard e Karaka enquanto ela o atacava constantemente e até o machucava e o feria o suficiente para fazê-lo gritar de dor, forçando-o a usar sua técnica mais forte para escapar de seus ataques, e acabou sendo subjugado por tempo suficiente para Evankhell e Baam fugir, para sua ira.
  • Lo Po Bia Yasratcha: Como ex-colega Comandante de Esquadrão no Exército de Zahard, Kallavan sendo o ex-líder do Quarto Esquadrão, enquanto Yasratcha comandava o Quinto Esquadrão, eles parecem estar em boas condições, pois Yasratcha parecia bastante simpático à situação de Kallavan, dizendo-lhe para não ser tão formal, pois ele ainda poderia recuperar sua posição.
  • Adori Zahard: A Comandante Supremo do exército de Zahard respeitava o poder e o status de Kallavan o suficiente para que ela apenas o rebaixasse e tivesse um juramento amarrado ao braço dele.
  • Zahard: Kallavan decidiu servir ao Rei Zahard porque queria acabar com todas as tragédias, unindo todos sob seu próprio poder. No entanto, ele sabe que seu poder por si só não será capaz de realizar esse sonho, então um dia, quando ele estava lutando por mais poder, ele conheceu alguém que foi capaz de tornar seu sonho realidade: o Rei Zahard. Kallavan acredita que Zahard é o 'Único Rei Verdadeiro' da torre, um ser onipotente e onisciente e Kallavan vai usar seu poder para fazer com que todos se rendam ao rei.

Servos[editar | editar código-fonte]

Kallavan é conhecido como o 'Coletor Humano' ou pela sua alcunha oficial 'Caçador Humano' e ele tem vários servos que consistem em quatro tiers/níveis conhecidos, provavelmente indicando seu poder e influência. Com o 1º tier sendo o mais alto e o 4º tier sendo o mais baixo.

Notas e Trivia[editar | editar código-fonte]

  • Ari Bright Sharon assumiu temporariamente o papel de pescadora porque o comandante não estava presente na época. Isso implica que Kallavan é normalmente o pescador.[17]
  • Ele foi chamado de 'Coletor Humano' por Yu Han Sung. Isto não é uma tradução incorreta.[18]
  • O nome dele pode ser uma referência ao jogador de futebol Ragnar Klavan.
  • Seu nome pode se originar da palavra Filipina "kalaban", que significa adversário, inimigo, oponente, etc.. 
  • Excluindo Zahard, Kallavan é o antagonista mais forte que Baam encontrou.
  • A luta entre Kallavan e Ha Jinsung é uma grande batalha de dois High Rankers, a ser registrada na história da Torre.[19]
  • Seu conceito de personagem é um jovem soldado Alemão com um objetivo que ele está disposto a cumprir cegamente.[20]
  • SIU declarou que ele pessoalmente queria dar a Kallavan uma sensação de ser um oficial militar de elite como uma reviravolta. Ele conhece Ha Jinsung de antes, mas há uma diferença de idade. Kallavan é um personagem que tem várias camadas para suas verdadeiras intenções. Ele é forte e talvez assustador.[21]
  • Kallavan é um contra golpe para a Família Ha. Seu corpo já está bem treinado, mas sua fonte de poder não é simplesmente força física.[19]
  • Kallavan é muito mais jovem que Ha Jinsung.[22]
  • Como Kallavan era alguém que respeitava Ha Jinsung, seus sentimentos sobre Baam provavelmente são confusos. Mas como Comandante de Esquadrão no Exército de Zahard, os Irregulares é seu maior inimigo. Tecnicamente, Urek seria a prioridade número um. Mas ele é muito forte e não se importa com Zahard.[23]
  • O design de Kallavan se assemelha fortemente a Erwin Smith da série AoT. Mais tarde, Kallavan tem o braço amarrado pela ordem do Rei Zahard, que pode ser semelhante a Erwin perdendo o braço durante a batalha. 

Citações[editar | editar código-fonte]

PARTE 2

  • (Para si mesmo enquanto toca piano) "Rapsódia... Que peça apropriada para esta missão."[3]
  • (Para Ha Jinsung) "Estamos tentando parar uma brecha ainda maior na Torre. Seja o que for que alguém disser, esta missão entrará na história como um grande épico. Sacrificar a vida de algumas pessoas no trem para interromper uma guerra, pode parecer sinistro e brutal, mas esta é a melhor maneira de evitar um desastre ainda pior."[16]
  • (Para Ha Jinsung) "Faz tanto tempo que você esqueceu? Meu corpo é muito mais duro do que vocês da Família Ha. Quando você está perto de mim, suas vantagens como membro da Família Ha desaparecem. É melhor você se preparar para um novo mundo de dor."[16]
  • (Para Ha Jinsung enquanto lutava com ele) "Por que alguém tão poderoso quanto você se une às forças do mal e sai por aí usando Regulares?! Você ainda acredita nessa idéia ridícula de um novo mundo ou mudança?! Você não sabe que esse tipo de revolta acontece o tempo todo?! Mudança é apenas a semente da dor e do conflito!"[24]
  • (Para Baam) "Eu posso dizer imediatamente. Você deve ser o Irregular que o Rei Zahard nos disse para matar."[14]
  • (Falando sobre Ha Jinsung para Baam) "Eu te disse que ele está morto. E mesmo se ele estiver vivo, você não pode salvá-lo. Porque você é muito fraco."[14]
  • (Para Ha Yuri Zahard) "Com esse ataque agora, você está admitindo que é uma traidora, Princesa?"[25]
  • (Para Baam) "Você parece ter algum 'Poder Misterioso', mas é demais para você lidar. Você nem conseguiu me arranhar um pouco. Que decepção."[25]
  • (Para Evankhell) "Você nem está com a FUG. Por que você está protegendo esses Regulares? Um dos Top Principais High Rankers não deveria se interessar por alguns Regulares."[25]
  • (Pensando sobre Baam para si mesmo) "Eu fui tolo. Fiquei curioso para ver quanto potencial esse garoto tem que eu dei a ele tempo para escapar. Este é um erro inaceitável para um Comandante de Esquadrão do Exército de Zahard."[25]

PARTE 3

  • (Para ele mesmo) "...Os Muros da Coexistência Pacífica... A coexistência não passa de uma semente do caos. Não pode trazer paz. Aqueles tolos que se opõem ao Rei Zahard... Claro veio com um nome estúpido para sua parede. Mal posso esperar... para derrubar aquele muro estúpido."[26]

Referências[editar | editar código-fonte]

Navegação[editar | editar código-fonte]

Império Zahard
Militar e Governo
Autoridades
Família Zahard
Famílias Especiais
Rankers
Posições
REGULARES
Posições Especiais
RANKERS
Posições Especiais
Raças ou Espécies
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.